Rádio Point do Reggae – Levando você até o coração da Jamaica.

menu x
menu x

NOTÍCIAS

Rita Marley, viúva de Bob, recebe homenagem ao governo da Jamaica

Rita Marley, viúva do rei do reggae 1945 1981, foi condecorada pelo governo do país de origem de seu marido com a medalha da Ordem da Jamaica, uma das maiores honrarias concedidas a cidadãos jamaicanos. Cantora e administradora do império (ou melhor, espólio) de Bob, Rita, de 73 anos, nasceu em Cuba, mas tem cidadania da Jamaica desde a infância — os pais se mudaram para Kingston quando ela era pequena. O anúncio de que a viúva de Bob Marley seria uma das escolhidas para receber a medalha neste ano foi feito dias antes do Independence Day Grand Gala, que aconteceu nesta terça-feira (6), no estádio Independence Park, em Kingston. A responsável por espalhar a notícia foi a ministra Olivia Grange que, além de divulgar o nome de Rita, disse que o artista de reggae e dancehall Sizzla também seria agraciado com o prêmio.

Rita e Bob Marley em 26 de julho de 1978 na Califórnia/Getty Images

Nascida em Santiago de Cuba, Rita começou sua carreira como cantora em meados dos anos 1960, quando Bob Marley já era um dos membros da banda The Wailers, com Tosh e Bunny Livingston. Ela se tornou internacionalmente conhecida por fazer parte do grupo de reggae I Three, que acompanhava Bob Marley na década de 1970. Em 1981, Rita se tornou viúva e decidiu seguir carreira solo, lançando alguns discos, como “Harambe”, de 2005. Atualmente, ela está confinada a uma cadeira de rodas por conta de uma série de derrames ocorridos — o último, em 2017, a tirou definitivamente dos palcos —, mas continua a tocar seus projetos humanitários. Em 2019, além da medalha da Ordem da Jamaica,Rita foi homenageada pela Jamaica Indrusty  e pela International Reggae and World Music Awards.

Judy Mowatt, Rita Marley e Marcia Griffiths, as integrantes do I Three, grupo de reggae

 

 

 

 

 

 

 

NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

CT Functional Spartans